my family cinema

5 coisas que você precisa saber antes de assistir Avatar: O caminho da água

Já é de conhecimento geral que Avatar: The Way of Water, a tão esperada sequência do filme Avatar de 2009, finalmente estreou nos cinemas no dia 16 de dezembro. Não é pois de estranhar que James Cameron, o realizador, seja novamente o cérebro por detrás deste projeto.

A duração do filme é de aproximadamente 190 minutos. Sim, tem quase três horas de duração, mas de acordo com o diretor James Cameron, não haverá problemas se você puder assistir a uma série inteira de oito episódios de uma só vez. Neste filme, conheceremos rostos novos como Kate Winslet e alguns rostos familiares como Sam Worthington, Zoe Saldana, Stephen Lang e Sigourney Weaver. A água é outro personagem significativo e importante para a trama.

Na realidade, não se sabe muito sobre o enredo. A história seguirá Jake, Neytiri e seus filhos 8 anos após os eventos do primeiro filme. Aqui estão as cinco principais coisas que você deve saber antes de ver o filme, sem mais delongas:

O filme de maior bilheteria

Quando Avatar ultrapassou o Titanic de Cameron em 2010, ele alcançou a posição de lançamento global mais vendido de todos os tempos. Vingadores: Ultimato levou para casa o prêmio em 2019 com uma bilheteria bruta de 2.797 bilhões de dólares. Depois de ser relançado na China no ano anterior, Avatar recuperou seu trono. O filme foi relançado internacionalmente em setembro por dois motivos principais: manter essa vantagem e oferecer uma conclusão diferente que deixa espaço para a sequência.

UM UNIVERSO ESPECIAL E INCRÍVEL

Avatar, que recebeu 9 indicações ao Oscar e ganhou 3 delas, obviamente não foi um sucesso da noite para o dia. 14 anos antes de ser produzido, era apenas um sonho. James Cameron realmente sonhou com Pandora e guardou o conceito para o momento que achou mais apropriado.

CONCEITO SUBAQUÁTICO INSPIRADO NA VIDA REAL

A interação de James Cameron com várias civilizações polinésias, que ele conheceu em 2013 quando visitou a Fossa das Marianas, é o que inspirou o local subaquático. Ele queria aquelas cenas genuínas depois disso e nada menos. Por esse motivo, todos os atores e atrizes passaram por um programa de treinamento de 6 meses para desenvolver movimentos naturais e a capacidade de prender a respiração debaixo d’água por até 5 minutos. Eles foram até ensinados a se comunicar usando a linguagem de sinais criada especialmente para a situação.

TRANSCENDER É FÁCIL

Cameron iniciou o prolongado processo de criação da tecnologia necessária para rodar o filme entre 2014 e 2017. Ele sentiu que os métodos convencionais eram insuficientes para ele. Eles produziram uma série de reflexos que distorceram as imagens e lhes deram uma aparência não natural. Finalmente, ele desenvolveu uma nova técnica para registrar movimentos subaquáticos, o que lhe permitiu produzir o resultado pretendido.

RUMO A UMA SAGA O universo Avatar continuará a ser incluído após a sequência. Três outros filmes fazem parte da ideia, mas quando serão lançados dependerá de como o público responderá ao prequel. Já sabemos que o terceiro filme estará disponível porque foi filmado junto com The Way of Water e está programado para ser lançado em 2024. Mas Cameron insiste que o quarto filme é o que realmente vale a pena, então esperemos que possamos ver o projeto até a conclusão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em que podemos ajudar ?